Adorei ficar escondido vendo minha mulherzinha fuder com um jovem

Click to this video!
Autor

Adoro ver minha mulher ser desejada por outro homem
Tenho uma mulherzinha muito bonita e gostosa. Seu corpo chama a atenção dos machos e também de mulheres.
Adoro quando um homem, de qualquer idade olha para ela, com interesse.
Adoro sentir que aquele olhar está desejando tocar naquelas carnes gostosas de seu corpo bem delineado, quase sempre envolto por uma calça bem justa, para poder mostrar suas curvas, principalmente suas dobrinhas de sua bundinha redondinha e dura.
Isto me dá um prazer louco que às vezes sou obrigado a me masturbar só em ver o cara olhando para seu corpo.
Sei que Marcela também adora ser paquerada e desejada por outro que não seja eu.
Incentivo-a me contar as olhadinhas que ganha. Mas sempre se faz de difícil, talvez para se valorizar e me deixar mais doido ainda.
Quando consigo qu me conte, durante os nossos namoros, é certo que iremos ter uma foda super gostosa com gozos que nos fazem gritar de prazer. Adoramos fazer isso.
Tenho certeza que já fudeu com outros homens. Descobri isso na semana passada, quando saímos e fora quase “atropelada” pelos olhares insistentes de um jovem de 20 e poucos anos.
O cara nos encontrou no shopping e começou a andar atrás de nós; Às vezes olhava disfarçadamente e o pegava de olho na bundinha de Marcela. Aquilo estava me excitando muito!
Resolvi dar uma chance aos dois.

– Amor, espera por aqui que vou ao toalete.
Fiz que entrei mas dei meia volta e fiquei por trás de uma coluna olhando os dois.
Não deu outra, em segundos chegou nela, abraçaram-se e começaram a falar, ambos olhando para o lado onde eu estava.
Demorei um pouco e pude ver então os dois conversando bem pertinho. Até que deu um beijo rápido nela e se afastou.
Logo em seguida apareci. Notei que estava com o rosto vermelho e um pouco embaraçada.
Fiz como se nada tivesse acontecido. Olhei em volta e vi que o garanhão estava a uns 20 m nos olhando. Aquilo me deu um lampejo de grande ciúme, mas ao mesmo tempo uma grande excitação, pois era o que eu mais adorava. Poder ver minha gostosa ser admirada e desejada por outro homem era a minha grande fantasia sexual!

Continuamos passeando pelo shopping e o meu concorrente sempre nos seguindo. Algumas vezes notei que Marcela sorria para ele, sendo correspondido. Acho que estavam crentes que não estava sabendo de nada!!
Entramos numa loja grande e quando estávamos no meio das roupas não aguentei e dei um apertão em sua bucetinha, só para ver que estava louco por ela.

– Amorzinho estou louco para acariciar esta bucetinha gostosa, beijá-la todinha e te fazer gozar na minha boca!!

– Ai amor, que fogaréu! Vai ver que andaste vendo alguma guriazinha gostosa passar e ficaste assim todo doidão!!

– Não amor és tu que me deixas assim! Sente aqui meu pau como está!

– Tá louco, olha que o pessoal te vê! Vai, pensa nas nuvens. Quando chegarmos em casa vou te amar bastante para acalmar esse fogaréu. Também estou louquinha pelos teus carinhos. Estou toda molhadinha, louca para agarrar esse pau e chupá-lo até ficar bem durão. Depois, quero que me coma como uma putinha!!!

Sentia que falava comigo mas seus olhos estavam voltados para o gurizão musculoso que insistia em estar sempre por perto dela.

Quando fomos para o quarto tomei banho antes dela e fui para a cama esperar aquele monumento. Marcela tomou um banho rápido, vestiu uma camisola preta, SEM NADA POR BAIXO, e veio para mim.

Ao chegar perto da cama, levantou a camisola e mostrou-me aquela bucetinha lisinha, sem nenhum pelo, com seu clitóris enorme, apontando para fora de seus lábios vaginais. Falei-lhe:

– Amorzinho, que linda que estás!!! Tira essa camisola e vem nuazinha para a cama, estou louco para te abraçar e acariciar todo esse corpinho lindo. Olha só como me deixaste!!!

Tirei meu pijama c e mostrei meu pau férreo, apontando para cima, com as veias saltadas.

– Nossa amorzinho, que pau grande e duro que estás!!! É tudo por minha causa??

– Sim amor, é por te ver assim e também por aquilo que fizeste hoje lá no shopping. Vem amor, deita aqui que quero te abraçar e te beijar todinha!!!

– Mas o que fiz lá no shopping que te deixou assim tão tarado por essa bucetinha que te adora? Falei toda dengosinha.

– Ora amor, deixa de ser santinha, tenta lembrar o que fizeste hoje?

Marcela veio para a cama e nos abraçamos, colando nossos corpos e fazendo nossos sexos se beijarem. Enfiei meu pau forte no meio de suas coxas. Ela apertou-se de encontro ao meu pau.

– Ai amor, que pau durão!!! TE DESEJO AMOR!!!

– Minha gostosa, boazuda, me deixaste muito enciumado hoje à tarde. Olha só como estou com ciúmes de ti.

Enfiei-me de encontro aquela bucetinha linda e fiquei passando meu pau por cima de seu clitóris avantajado, fazendo-a gemer de prazer.

– Aiii….hummmm… que pau duro e gostoso… te desejo meu homem gostoso!!!
– Mas é assim que sentes ciúme de mim, com esse pau duro igual a um ferro? Mas o que é que fiz para ficares assim?

– Deixa de ser cínica, procura lembrar o que fizeste para me deixar com ciúme!

– Não fiz nada amorzinho!!!

Apaguei a luz e cheguei em seu ouvido, com o pau férreo enfiado no meio de suas coxas:

– Quem era aquele cara bonitão e musculoso, que falaste hoje à tarde lá no shopping?

– Ai amor, não falei com nenhum macho!!!

– Lembras quando disse que ia no toalete? Pois é, não fui e fiquei te cuidando, pois já notara que havia um cara bonitão que estava sempre atrás de nós, olhando essa bundinha redondinha. Comecei a desconfiar que ali tinha coisa. Não deu outra, foi só me afastar e logo o bonitão musculoso encostou em ti e começou a falar contigo. Notei que gostaste, pois estavas sorrindo. Quem era o meu concorrente?

– Deixa de coisa amor, não existe concorrente!!!

– Mas então quem era o gostosão que falaste hoje?

– Bem… não é daqui e queria saber umas informações.

– Ah é? Tipo como é teu nome, onde moras, telefone, etc???

– Claro que não amor, foram perguntas fúteis. Mas tudo isto te deu tanto ciúme assim, para te deixar assim… de pau tão… tão duro??

– Sabes amor que adoro saber que algum macho se interesse por ti, que te olhe com desejos e com interesse de pegar nesse corpinho gostoso.

– Mas amor, não aconteceu nada disso!!!

Comecei a beijá-la e logo meus beijos desceram para seus seios. Marcela gemia de prazer. Não aguentei e logo estava com aquele clitóris em minha boca, passando minha língua com toda a força. Sua bucetinha estava molhadinha, seu líquido de prazer escorria de dentro daquele vulcão.

Quando sentiu minha língua em seu clitóris, não aguentou e uma explosão de gozo fortíssimo tomou conta de seu corpo:

– Aiiii… que língua gostosa… maiiisss amorrr… asssimmmm… hummmm… estou gozando meu homem querido… aiiii que coisa gostosa estás me proporcionando… asssimmm amor… mais forte…aiiii está vindo novamente… hummmm querido… acho que vou gozar outra vez!!!!

Então fui por cima dela e num golpe certeiro entrei até o fim de meu pau naquela buceta apertadinha e molhadinha pelo gozo forte que tivera.

– AIIIII MEU HOMEM GOSTOSO. SÓ TU CONSEGUES ME FAZER GOZAR ASSIM, TÃO FORTE!!! QUE COISA GOSTOSA SENTIR ESSA LÍNGUA PASSANDO ENCIMA DE MEU CLITÓRIS!!! SINTO UM PRAZER LOUCO!!

– Minha gostosa boazuda… que bucetinha apertadinha que tens!!! Mesmo molhadinha continua apertada… ai amor… te amo muito… sente como me deixaste hoje à tarde… estou tarado por ti!

– Mas amor, só porque falei um pouquinho com aquele cara, ficaste assim, todo excitado??? Isto não é ciúme!!!

– Claro que é amor!! Vais me dizer que não ficaste lisonjeada por teres aquele cara interessado em te conquistar??

– Eu não… foi apenas uma conversa!

– Ora amor, deixa de coisa… fala a verdade, se pudesses, não deixaria aquele homenzarrão te abraçar e te beijar?

– Claro que não amor, és tu que amo e desejo!

– Mas amor, se houvesse uma chance de ires passar uma tarde num motel com ele, vais dizer que não gostarias?

– Amo somente a ti. És tu que consegue me amar e me deixar doidinha assim como estou agora, com esse pau duro enfiado todinho em minha bucetinha louca para fuder!!!

– Mas amor se fosse para me passares para trás com aquele cara, não irias? Comecei a entrar e sair daquela buceta, fudendo-a com todo o meu desejo louco que estava sentindo. Meu pau estava duro e dilatado dentro daquela coisinha apertadinha!!! Falei em seu ouvido:

– Amor, gostaria de te ver sendo amada, beijada e fudendo com aquele boy bonitão!!! Tenho certeza que te deixará doidona e louca por aquele pau. Pelo jeito dele, deve ter um pau enorme e muito duro! Se fosses fuder somente uma vez, não foderias com ele, só para me dar esse prazer????

– Bem amorzinho, não sei!!! Gostarias mesmo de me veres fudendo com ele? Aguentarias me ver nos braços dele, nuazinha, sendo acariciada por aquelas mãos enormes e sendo beijada por aquela boca de lábios carnudos??

– Viu só, sabes até os detalhes do corpo do boy!!! Claro que gostaria amorzinho. Ficaria muito doido e excitado em te ver abraçada com ele e te vendo nuazinha engolir aquele pau enorme dele.. Vamos amor, me dá essa alegria e me faz ficar mais tarado por ti. Quero que realizes minha fantasia louca e taradar!! Deixo amor, mas quero ver!
– Sabes da melhor, o cara me deu seu telefone! Posso ligar para e convidá-lo para vir aqui amanhã à noite. Você ficaria escondido no outro quarto e assim poderias nos ver fuder. Faço isso só porque estás me pedindo e porque falaste que te fará ficar mais tarado por mim. Adoro te ver tarado pelo meu corpo!!! Falou ela com os olhos brilhando. No mínimo já estava imaginando como seria!!

– Ai amorzinho… que legal!!!! Até que enfim terei o prazer de te ver sendo fudida por um cara bonitão, forte e com um pau jovem, bem duro e insaciável. Irei adorar e vou ficar muito tarado por ti.

Naquele momento meu pau estufou dentro de sua bucetinha e comecei um vai e vem desvairado até explodir num gozo fortíssimo, inundando-a com um caudal de porra. Marcela gritou de prazer, jogando-se de encontro ao meu pau, para que fosse mais fundo!!!!

Desmaiamos cansados e dormimos direto.

No outro dia, Marcela ligou para o Rodrigo. Combinou tudo, informando que estaria sozinha, pois seu marido tinha viajado e que deveria ser muito discreto. Ele tocaria lá embaixo na portaria, informando que era nosso amigo e que viria nos visitar.

Chegou no horário marcado. Marcela autorizou-o subir.
Foi só fechar a porta e logo abraçou Marcela. Sua boca buscou a dela com sofreguidão. Fiquei no escuro, escondido atrás de um móvel, vendo tudo!!!

Deixei uma luz bem fraca para não haver constrangimentos de ambas as partes.
Quando entrou, logo buscou seu corpo, colando-se contra o dela.

Marcela não reagiu e buscou sua boca num beijo louco de desejos.
Estava vestida apenas com um vestido de malha, bem justo e sem nada por baixo.
As mãos dele passavam pelas nádegas roliças de Marcela, apertando-as com desejo.

Rodrigo enfiava-se de encontro ao corpo dela. Dava para ver que estava duro igual a um ferro, pois sua barraca era enorme.

– Marcela querida, como és linda e gostosa. Que corpo lindo!!! Estou louco por ti. Não quero perder nenhum um minuto. Quero te amar e te fazer sentir todos os prazeres que um homem pode dar a uma mulher linda e com um corpo de guriazinha.

– Ai Rodrigo, não devia fazer isto, mas o desejo de poder sentir teus carinhos me fizeram perder todo o receio de te deixar estar aqui comigo!!! Confiei tudo em ti e espero não ter de me arrepender.

– Claro que não Marcela. Sou educado e sei o quanto estás te expondo, mas fique tranquila, não sou de pegar no pé e só farei o que quiseres que te faça.

– Então venha meu homem gostoso, estou louca para ser acariciada por ti.

– Antes quero te ver nuazinha. Dizendo isto, puxou o vestido dela e aquele corpo maravilhoso, com sua bucetinha fofinha, lisinha e uma bundinha redondinha e dura apareceram ante seus olhos que brilharam de alegria e de desejo louco de vê-la assim.

Marcela não se fez de rogada e logo retirou sua camisa e puxou sua calça e cueca junto, deixando-o nu a sua frente.
Levou um susto ao ver saltar aquela tromba de 20 cm, dura, apontando para cima, com as veias saltadas, duro como um ferro. Ela ficou admirada com o tamanho daquele pau!

Fiquei admirado com o modo que olhou para aquele pau enorme! Ficou tarada por ele!

Ambos se abraçaram e se beijaram por mais uns instantes.

Então, levou-o para seu quarto, onde uma cama bem grande os aguardava.
Marcela foi na frente, rebolando aquela bunda redonda, gostosa e durinha.
Rodrigo ia passando as mãos nela e colado atrás, cutucando-a com aquele pau férreo!!!

Aguardei uns minutos e fui atrás. Posicionei-me onde podia ver toda a cama. Caíram abraçados e logo começou a beijá-la com sofreguidão

– Marcela, como és linda! Que corpo lindo! Olha só que seios pequeninos, de guriazinha! Adoro seios pequenos.

Marcela gemia de prazer ao sentir sua língua passar pelos biquinhos entumecidos, durinhos e saltados.

Logo seus beijos começaram a descer até chegarem no meio de suas pernas.
Marcela abriu-as ao máximo que pode. Quando sua língua tocou em seu clitóris enorme, deu um pulo e começou a gritar de prazer, num gozo fortíssimo:

– Ai meu homem gostoso, que coisa gostosa estás me fazendo… hummmm… asssimmmm… aiiiiiii… estou gozando meu homem gostoso… ai que prazer louco e doido estás me dando… mais meu homem gostoso… assimmm… bem forte e rápido… ai Rodrigo vem aqui que quero chupar teu pau… estou louca para sentí-lo em minha boca!!

Virou e ambos partiram para um 69 gostoso, onde cada um queria dar mais prazer ao outro. Marcela sentiu o quanto era duro, grande e grosso aquele pau. Teve que fazer força para abocanhar aquele mastro de veias saltadas.

– Ai Marcela, beija forte… assimmm minha mulherzinha querida… ai que boquinha maravilhosa!!!

Nessas alturas, fiquei com meu pau latejando de tão duro que estava. Não aguentei mais e gozei loucamente vendo os dois naquele 69. Meu pau explodiu num gozo fortíssimo, fazendo meu líquido saltar na parede…

Ambos gritavam de prazer e Marcela explodiu em novo orgasmo, dessa vez, parece que mais forte que o primeiro.

– Aiiiii Rodrigo… não aguento mais de desejo de sentir esse pau entrar dentro de minha bucetinha. Estou molhadinha, pronta para receber esse monstro dentro de mim. Vem meu macho gostoso!!! ME FODE!!! Enfia esse pau em minha buceta. Ela está louquinhha por ele… venha amor… rápido!!!

Rodrigo colocou-se no meio de suas pernas e posicionou seu pau férreo na entradinha molhadinha de sua bucetinha pequenina e lisinha, sem nenhum pelo. Deu uma forçada para entrar a glande.

– Ai Rodrigo pára! Vai devagar amor. Teu pau é muito grande! Sou apertadinha!

Ficou brincando na entradinha, lambuzando seu pau com o líquido de sua bucetinha até que de repente e deu uma forçada e entrou a metada daquele tronco duro. Admirou-se como uma mulher casada ainda continuava com sua bucetinha tão apertadinha, como se fosse uma guriazinha!!!!

– Ai meu homem, que pau grande e gostoso! Minha nossa, me dilatou todinha.

Ficaram parados e se beijando loucamente.
Da minha posição dava para ver por trás os dois e aquele pau atolado pela metade na bucetinha que uma vez era só minha. Aquela visão deixou-me louco e tarado. Meu pau saltou duro e pulsante, louco para ir lá e fuder a minha Marcela.

De repente, ela mesmo tomou a iniciativa e jogou seu corpo de encontro àquela tora pulsante e aquele pau enorme desapareceu em suas entranhas, fazendo-a dar um grito de prazer:

– Ai meu homem, entrou todinho!!! ! Que pau duro e grande! Agora quero que me faças gozar como nunca gozei em minha vida. Faça essa buceta sentir o que é ser fudida por um pau jovem e insaciável. Quero gozar até cair desmaiada. Enfia TUDO MEU HOMEM GOSTOSO!!!! Aiiiiii amor… aiiiii…asssiiiiimmm… QUE PAUUU!!!! TE ADORO!!! MAIS FORTE MEU HOMEM GOSTOSO!!!

Ele começou a entrar e sair com uma velocidade incrível, como eu nunca conseguira fazer,
Marcela rebolava seu corpo embaixo daquele feixe de músculos. Seu pau duro e grande saia e entrava até o fundo de sua buceta molhadinha. Ela gritava de prazer…

Não demorou muito e logo abraçou-se no corpo dele com suas pernas, fazendo com que aquele pau entrasse mais fundo ainda…

Gozou igual a uma putinha, gritando que aquele pau sim era duro e grande e que estava fazendo-a delirar de tanto gozo.

Depois dela gozar umas três vezes, Rodrigo falou que não aguentava mais e que iria gozar dentro dela. Deu um urro e enfiou-se até o fundo dela, explodindo sua porra dentro dela. Ambos gritavam de prazer e Marcela gozou novamente. Nunca tinha visto minha mulherzinha tão fogosa e ter tan tos orgasmos sucessivos!!!

Não aguentei ver tudo aquilo e novamente gozei fortíssimo, fazendo minha porra saltar de encontro à parede. Que noite gostosa!!!! Como gozei e como Marcela gozou fortíssimo com aquele boy insaciável.

Na proxima vez contarei como ela fudeu com Rodrigo e comigo. Foi muito gostoso!!!!

Depois daquela noite, nossa fodas passaram a ser mais gostosas e nosso prazer ficou muito mais intenso, pois meu “ciúme” me deixava doido por ela. Fudíamos a noite toda, pensando em suas aventuras com o nosso amigo.
Os dois voltaram a se encontrar, agora em um motel, sem a minha presença.
Imagino o que fizeram, só os dois???